Como começar a reeducação alimentar?

E então, em um belo dia, você resolve que não quer mais se alimentar de forma “irresponsável”. Percebe que tudo o que você come reflete na sua saúde e vê que é a hora de uma grande mudança…

Mas como começar? Qual o primeiro passo para uma reeducação alimentar? O que é necessário para essa mudança de vida?

É sobre isso que vamos conversar no conteúdo de hoje.

O primeiro passo

Como tudo na vida, dizem que o primeiro passo é sempre o mais difícil, e de fato, é! Quando você inicia os seus treinos, o primeiro dia é o mais doloroso. Quando você começa um curso ou até mesmo um novo emprego, o primeiro dia é sempre o mais difícil. Sendo assim, com a reeducação alimentar não é diferente.

Começar uma reeducação alimentar quer dizer que você vai adotar uma postura mais saudável em relação ao que você geralmente come.

O intuito dessa reeducação é deixar de lado tudo o que pode fazer mal e, também, atrapalhar a sua dieta como um todo.

Ela nada mais é do que um processo contínuo de aprendizado, onde você começa a adotar uma nova postura e entende a importância da alimentação para a sua saúde, rotina, etc.

O reaprendizado

Aprender a se alimentar não é uma tarefa muito difícil. As mães costumam inserir aos poucos verduras, legumes, sopinhas… E com o tempo tudo isso faz parte da rotina. Seria simples se fosse só assim, não é mesmo? (Pode acontecer, também, da família possuir hábitos alimentares não ‘tão saudáveis’, o que toma uma proporção maior após a fase adulta).

O problema é que com o passar dos anos, a correria dos dias faz com que, muitas vezes, você deixe de lado a alimentação saudável por falta de tempo. Um fastfood é mais rápido e vai alimentar da mesma forma (o que muita gente pensa).

É aí que entra o processo de reaprendizagem.

Como dar início a reeducação alimentar?

É indispensável entender qual o seu objetivo. Desta forma, surge a força de vontade e a motivação, que são essenciais na tarefa de reeducar.

É importante entender que a reeducação não significa que você vá deixar de comer tudo, mas sim, saber o que é válido priorizar para uma vida mais saudável.


Para te ajudar nessa, listei alguns tópicos que vão ajudar a dar início a essa fase de reeducar. Vale ressaltar que é indispensável procurar um nutricionista para que ele elabore um plano alimentar correto para o seu tipo físico, estilo de vida, etc.

1- Beba muita água

Sempre repito o quão indispensável é o consumo de água. E este deveria ser um tópico que não deveria ser frizado, já que é óbvio essa importância. Porém, ainda assim, existem pessoas que esquecem de beber água, o que prejudica de forma gigantesca a saúde e até mesmo a dieta.

A hidratação é essencial porque a água não contém calorias e auxilia na limpeza do corpo, eliminando as toxinas e facilitando a desintoxicação do organismo.

Ao iniciar uma reeducação alimentar, o seu organismo necessita de uma limpeza para auxiliar que o seu corpo se acostume com os nutrientes e vitaminas ingeridas de forma correta.

Além do consumo de água, a hidratação também ocorre com frutas e verduras, e você pode procurar alimentos ricos em água como laranja, abacaxi e a água de coco.

2- Reeducar o paladar

Como já disse, o início é sempre complicado e para que você não desista, reeducar o paladar é primordial.

Se você não gosta de alguma verdura e sabe que ela é rica em nutrientes e é indispensável na sua dieta, experimente cozinhá-la de várias maneiras com temperos variados.
Assim, você consegue encontrar uma forma de consumir, que pode agradar o seu paladar.

3- Não faça dietas restritivas

É importante uma dieta para auxiliar na reeducação alimentar? SIM, porém, uma dieta específica para o seu corpo.

Não adianta simplesmente parar de comer tudo para emagrecer drasticamente e após um período voltar a comer da mesma forma, ou até comer mais.

A reeducação deve ser trabalhada aos poucos, com paciência e com foco no seu bem-estar de um modo geral.

É importante que você goste do que está comendo e que entenda todos os benefícios a curto e a longo prazo de manter uma alimentação correta e saudável.

Vale lembrar

Buscar informações demais em blogs, google e coach’s que não são confiáveis, pode gerar muita confusão e informações falsas.

Por isso, busque fontes confiáveis, de especialistas sérios. Só assim é possível garantir resultados positivos na sua reeducação alimentar.

Ah, evite buscar dietas da moda que não são sérias e sim as que possuem embasamento.
Existem sim dietas da moda que são positivas, porém, você só deve iniciar após uma consulta com nutricionista.


Se você não sabe como começar, leia o meu e-book sobre ‘tudo o que você precisa saber sobre dietas para perder peso’ e saiba como dar o primeiro passo na sua reeducação alimentar.

Receba as minhas publicações por e-mail com novidades e dicas.

É só se cadastrar!